Os 10 Dogmas de Marcondes Lucena

image

MINHAS 10 CRENÇAS BÁSICAS E IMUTÁVEIS

1. A Divindade existe,  mas é inexplicável.  A ciência não possui explicações para todas as coisas.  Existe um nível de conhecimento que é incognoscível.  O Ser Humano faz parte da natureza e voltará inevitavelmente a ela;

2. As mudanças sociais são inevitáveis e todas levarão a um caos,  de um modo ou de outro,  a médio ou longo prazo. A Humanidade é autodestrutiva. Todas as coisas possuem um começo,  um meio e um fim;

3. Para a existência no plano material ser harmoniosa,  é aconselhável que se pratique o bem.  No entanto, o mal não pode ser totalmente descartado.  O mal pode ser,  às vezes, uma possibilidade necessária.  O mal pode ser ou trazer um bem;

4. Todas as pessoas são mais ou menos falsas e traidoras.  Apenas falhas menores devem ser perdoadas.  As traições maiores tornam o perdoador tão falso e potencialmente traidor quanto aquele que traiu,  ou pior do que ele.  As omissões e a manipulação dos fatos por meio de meias-verdades é traição. A verdade é menos dolorosa do que a mentira.  A verdade sobre algo específico não é relativa;

5. Todo e qualquer fenômeno ou comportamento deve ser explicado por meios racionais.  Teorias sobrenaturais só podem ser cogitadas quando as explicações racionais se esgotarem. As explicações sobrenaturais devem ser sustentadas apenas como suposições ou especulações, até que se obtenha mais conhecimento racional sobre a dada realidade em questão.  As explicações sobrenaturais não devem ser aceitas pela ciência;

6. O passado não reflete exatamente a personalidade das pessoas no presente,  mas revela e demonstra uma grande porcentagem de seus valores morais e do que elas são capazes.  O passado não deve ser descartado na observação dos modos de agir e pensar de qualquer pessoa. O ser humano é mau e tende a repetir suas ações.  Apenas as práticas constantes, por um longo período de tempo, e nunca uma mera argumentação,  deve servir de base para a constatação de possíveis mudanças de comportamento.  Mesmo assim,  ainda recomenda-se a extrema cautela;

7. O bem e o mal é o que é e o que não é de proveito para a sociedade,  respectivamente.  A normalidade é medida pelo distanciamento comportamental de determinado indivíduo dos elementos convencionados,  estabelecidos,  dominantes e funcionais de uma cultura ou meio social específico.  O distanciamento deve ser capaz de causar algum tipo de sofrimento,  distúrbio ou incômodo para o próprio indivíduo ou para terceiros.  O relativismo cultural não deve servir de base para relativizações do comportamento saudável e funcional (normal) entre culturas ou meios sociais distintos;

8. Algumas crenças e instituições, embora improváveis ou obsoletas, respectivamente, devem ser mantidas,  por prestarem um papel importante na coesão social. Tanto o reacicionarismo quanto o revolucionismo devem ser evitados.  As mudanças sociais devem ser graduais e tender para o conservadorismo. O ensinamento ou transmissão do conhecimento deve ser gradual,  de acordo com a capacidade intelectual de cada indivíduo. Alguns indivíduos devem ser punidos pelo vazamento de informações não-autorizadas. Os anarquistas,  desordeiros e vândalos devem ser perseguidos,  com uma punição violenta,  se necessário. A pena de morte deve ser estabelecida para indivíduos que demonstraram-se irrecuperáveis;

9. Cada pessoa deve ter a liberdade de acreditar no que quiser e de se expressar de acordo com a sua crença, desde que tal crença não interfira em princípios sociais mais amplos.  O Estado deve ser laico,  porém não anti-religioso, e deve perseguir indivíduos ou grupos,  de forma violenta,  que tenham por ideologia ou por objetivo a desestruturação social. Os jovens delinquentes devem ser tratados com a mesma severidade dos adultos infratores.  A ordem e a disciplina devem ser impostas aos jovens,  tanto por meio da educação quanto por meio da força;

10. Todos os pontos de vista apresentados anteriormente não podem ser mudados.  No entanto,  podem estar abertos a ampliações no entendimento,  de acordo com o acúmulo de novas informações.

Marcondes Lucena

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: